terça-feira, 26 de abril de 2011

Persuasão

Sinopse:
"Ultimo romance de Jane Austen, publicado póstumamente em 1818. Conta a bela e sedutora história de Anne Eliot e Frederick Wentworth, os quais, oito anos depois do rompimento de seu noivado, reencontram-se. Todavia em circunstâncias bem diferentes do passado."




Oieee meu povo,

Coloquei a sinopse em primeiro lugar para dar um clima de mistério kkkkkk que acharam?
Ainda nao podem dizer nada concreto? pois vamos se adentrar na história entao :D

Confesso agora uma coisa que nunca tinha confessado antes: esse é o meu livro preferido da Jane.
Sim! E vocês logo vão saber o porque.

Como a própria sinopse já disse, a historia trata do reencontro da Anne (perdoem-me a intimidade, mas é que ela é familiar demais para mim rsrsr a Srta. Eliot) com o Capitão Wentworth. Um reencontro um tanto dificil, devido a acontecimentos do passado.

E nesse ponto entramos no primeiro ensinamento do livro: certas coisas sao mau interpretadas pela fala de prudencia e pelo impulso, e acaba-se criando uma situação desnecessária.
No caso, tal situação foi o rompimento do noivado por Anne, seguindo o conselho de Lady Russell. O Capitão Wentworth não oferecia um bom partido na época, e ela julgou, ou melhor, sabia, que era melhor ceder aos conselhos de sua protetora. Ela era nova, e a prudencia deveria ser levada em conta em primeiro lugar.
Mas Wentworth nao conseguiu ver a coisa por esse lado, e por conta disso, os dois sofreram os oito anos que se seguiram.
(Confesso porém, que é meio dificil ver a coisa como ela realmente deve ser vista, quando é com a gente que acontece. A magoa prevalece apesar da conciencia. Eu entendo perfeitamente a reação do Capitão.)

A segunda coisa que aprendi com esse livro, é que muitas vezes você deve seguir o que se sente, e nao ser levado pela raiva, pela mágoa, por orgulho... Por conta deste, Wentworth fez com que oito anos da vida deles se passassem arrastados amargamente. Se ele tivesse feito o que ele desejava ter feito assim que partiu, a história teria sido diferente.

Há muitas outras coisas que se pode ser dita sobre esse livro. Porém, nao posso fazê-lo sem revelar a história toda. Esses que  eu já disse porém, acredito eu, são motivos fortes o suficiente para entenderem um pouquinho do porque eu gosto do livro.*-*

Indo agora um pouco mais além da analize interna, vamos passar para a analize externa (sim, eu sei q troquei as ordens rsrsr).
Por ser o ultimo livro da Jane, a narrativa está bem mais completa (ao menos na minha opinião). Eu pude sentir a presença de elementos que eu ainda nao havia percebido nos outros, ou muito levemente, como um detalhamento maior dos sentimentos e reações. Esse é, entre outros, um dos pontos da qual eu me apaixonei mais por esse do que por qualquer outro.

E uma coisa eu percebi nele. Nao é nada certo, mas esse livro é oq mais faz referencia ao Tom (http://pamelaalvesbooks.blogspot.com/2011/02/amor-e-inocencia.html) na minha opiniao, apesar de muitos dizerem que é "Orgulho e Preconceito".
Eu posso estar enganada, e confesso que o Mr. Darcy tem grande semelhança com o Tom, mas acho que o capitão Wentworth é quem mais se parece com ele. Ao menos, com o que retrataram no filme.

E além disso, ela descreveu váriaaas cenas, gestos e conversar, que fazem alusão a história. Vejam esse trecho do Cap. 23, onde Anne conversa com o Capitao Harville, amigo de Wentworth.

[...] - Pobre Fanny! Ela nao o teria esquecido tão rápido.
- Nao - tornou Anee, em voz baixa e comovida - Acredito que nao mesmo.
- Nao era da natureza dela. Ela o adorava.
- Nao seria da natureza de nenhuma mulher que realmente amasse.
O conde Harville sorriu, como se dissesse: "E vc acha q se aplique a todas as mulheres?", e ela respondeu a pergunta tbm sorrindo.
- acho que sim. Certamente nao os esquecemos tao rapidamente como vcs nos esquecem.
(passa a haver uma discusão calorosa a partir daí que vou encurtar :D)
[...] - Eu mereceria um profundo desprezo se ousasse imaginar que só as mulheres conhecem o verdadeiro amor e a constância[...]Creio que vocês estão a altura de todos os atos e de todos os sacrificios domésticos, enquanto[...]a mulher que amam está viva, e vive para vocês. Todo o privilégio que reinvindico ao meu próprio sexo ( e nao é um privilégio muito invejável, não é preciso cobiçá-lo) é que continuamos a amar por mais tempo, quando a existência e a esperança já se foram.
[...]

Agora, quem viu o filme (a gente nao sabe ao certo até onde vai a veracidade do filme porém) não concorda comigo com relação ao que ela estava fazendo alusão?
É claro, se olharmos por esse angulo, esse fato.

Tirando tudo isso, uma coisa faltou na minha opiniao: Maior presença do Capitão.
Acho que a Anne teria adorado isso ( e eu tbm kkkkkkkkkkkk). Os momentos em q ele apareceram foram todos com alguma importancia para a história. mas ele podia ter aparecido um pouquinho mais, mesmo quando seria sem noção por ele em cena kkkkkkkkkkkk
Adoro ele *-*
Só para vcs babarem, vejam um trecho da carta que ele escreveu para ela: È lindaaa *-*

(Aviso de Spoiler. Se nao quer saber o fim do livro, nao leia as linhas a seguir)


Nao consigo mais ouvir em silêncio. Tenho de falar com você com os meios que estão ao meu alcance. Você ultrapassa a minha alma. Sou agonia e esperança. Não me diga que é tarde demais, que tais preciosos sentimentos se foram para sempre. eu volto a me oferecer a você, com um coração ainda mais seu do que quando vc quase o partiu, oito anos e meio atrás. Nao ouse dizer que os homens se esquecem mais rápido do que as mulheres, que o amor deles morre mais cedo. Só a você tenho amado. Posso ter sido injusto, fui fraco e ressentido, mas nunca inconstante. Só por você vim a Bath. Só por você penso e faço planos. Será que você nao viu? Será que nao conseguiu entender meus desejos? Nao teria esperado nem esses dez dias, se tivesse podido ler os seus sentimentos, como acho que você entendeu os meus. Mal consigo escrever. Estou a cada instante ouvindo coisas que me esmagam. Você abaixa a voz, mas posso distinguir tons nessa voz que aos outros passariam desapercebidos. Criatura excessivamente boa, excessivamente excelente! Você nos faz justiça, sem dúvida. Acredita que o verdadeiro afeto e constância existam entre os homens. Creia que tal afeto é mais do que fervoroso e constante em


F.W.

Tenho de ir, incerto de meu futuro; mas vou voltar para cá ou acompanhar seu grupo, assim que possivel. Uma palavra, um olhar, serão o bastante para decidir se entrarei na casa do seu pai essa noite, ou nunca mais.

(Fim Da Spoiler)

Nossa, eu quase chorei quando li essa carta kkkkkkkkkkkkk Juro que eu nao me contive *-* É muuuuuuito lindaaaa, uma das coisas mais lindas que já li (isso inclui obras como de Shakespeare, Lord Byron... Alvares de Azevedo, pq não?...).
Ele a escreve se referindo a conversa lá de cima, pois, mesmo sem ela saber (ela imaginava que nao dava para ele ouvir de onde ele estava sentado, escrevendo uma carta a pedido de Capitao Harville), ele estava escutando tudo o que ela dissera *-*

O livro virou filme.

          Capa de 1995

Capa de 2007


Eu tbm achei esse clipê muuuito legal, feito com cenas do filme de 1995, onde toca a musica Te Amaré en silencio - Jaime Camil *-*

 

Te Amaré En Silencio (Tradução)

Eu te vi, e em silencio nasceu este amor
Sem poder expressar, sem saber que fazer
Mas o amor não necessita falar
Porque a alma diz muito mais
Que um poema ou que uma canção de amor

Não é necessário usar palavras para dizer
Que já não há nada que seja mais forte do que eu sinto
Em cada gesto em cada olhar eu vou mostrar que estou
Apaixonado, já sem remédio
E eu só quero que este silêncio me faça sofrer

Eu te vi, seu olhar foi o sinal,
Que meu coração soube decifrar
Sem saber o que fazer
Em silêncio te compreendi
Com este amor por fim descobri
Esta paixão que eu morro por confessar

Não é necessário usar palavras para dizer
Que já não há nada que seja mais forte do que eu sinto
Em cada gesto em cada olhar eu vou mostrar que estou
Apaixonado,
E eu só quero que este silêncio me faça sofrer

Já não há nada que seja mais forte que eu sinto
Em cada gesto em cada olhar
Eu vou mostras que estou
Apaixonado já sem remédio
E eu só quero que este silêncio me faça sofrer

Mas eu te amarei em silêncio...
Te amarei
>>>>>>>>>>>End

Eu to correndo atrás do filme, quem sabe eu acho um lugar para dar o download *-*

Leiam o livro, vale a pena *-* eu já li 2 vezes :D. Se eu achar o filme, posto o link para vcs :D

Bye XoXo Bye

2 comentários:

  1. Persuasão é MUITOOOOOOOO BOM! Devorei esse livro em pouquíssimo tempo, amei o enredo , é o meu segundo preferido da Jane (o primeiro é Pride & Prejudice, rs). Vale a pena ler, um dos livros mais maravilhosos que já li *-*

    ResponderExcluir
  2. Excelente Livro, amei, Para quem gosta aqui vai um link com outros livros de Jane Austen: http://www.estacaodoslivros.com.br/busca_autores.php?tipo=opAutor&keywords=jane%20austen

    ResponderExcluir