sexta-feira, 15 de abril de 2011

Lisbela e o Prisioneiro

Oie meu povo,

Não sei vocês, mas eu com certeza vi a sessão da tarde hoje. E o filme claro, nao preciso citar qual foi, já que já citei kkkkkkkkk (Pamela cafusa hoje @_@).
Eu amo esse filme, e mais ainda, a música dele *-* É um dos melhores filmes brasileiros, se não o melhor, na minha opinião.

Sinopse
"Lisbela (Débora Falabella) é uma moça que adora ir ao cinema e vive sonhando com os galãs de Hollywood dos filmes que assiste. Leléu (Selton Mello) é um malandro conquistador, que em meio a uma de suas muitas aventuras chega à cidade de Lisbela. Após se conhecerem eles logo se apaixonam, mas há um problema: Lisbela está noiva. Em meio às dúvidas e aos problemas familiares que a nova paixão desperta, há ainda a presença de um matador (Marco Nanini) que está atrás de Leléu, devido a ele ter se envolvido com sua esposa (Virginia Cavendish)."



É muuuito legal a história. É tão bonitinha a história do Leléu e da Lisbela *-* Claro, cheia de confusão kkkkkkk pra falar a verdade, foi uma bagunça danada :O. Ele conseguiu, sozinho, fazer um homem quer matá-lo 3 vezes kkkkkk Por essas e outras, o filme acaba se tornando engraçado. Ele é um trambiqueiro de mão cheiaa kkkkkkkk pior que ele, só dois dele.
Mas é fofo a forma como ele se apaixonada por ela e corre atrás. 




Outra coisa que eu acho interessante é a forma como a história brinca com ela mesma. Eles brincam com a história do cinema, a historia deles... é uma especie de parodia de si mesmo... é bem... "progressista"... a idéia.:D

E a música? AHhh, a musicaa *suspiros*. Eu gosto dela desde a primeira vez q ouvi kkkkkkk (e eu ainda me lembro do dia: chuvoso, de tarde, comercial do filme...2003...).

*Você não me ensinou a te esquecer* 
Caetano Veloso



Não vejo mais você faz tanto tempo
Que vontade que eu sinto
De olhar em seus olhos, ganhar seus abraços
É verdade, eu não minto

E nesse desespero em que me vejo
Já cheguei a tal ponto
De me trocar diversas vezes por você
Só pra ver se te encontro

Você bem que podia perdoar
E só mais uma vez me aceitar
Prometo agora vou fazer por onde nunca mais perdê-la
Agora, que faço eu da vida sem você?
Você não me ensinou a te esquecer
Você só me ensinou a te querer
E te querendo eu vou tentando te encontrar
Vou me perdendo
Buscando em outros braços seus abraços
Perdido no vazio de outros passos
Do abismo em que você se retirou
E me atirou e me deixou aqui sozinho
Agora, que faço eu da vida sem você?
Você não me ensinou a te esquecer
Você só me ensinou a te querer
e te querendo eu vou tentando me encontrar

E nesse desespero em que me vejo
já cheguei a tal ponto
de me trocar diversas vezes por você
só pra ver se te encontro

Você bem que podia perdoar
E só mais uma vez me aceitar
Prometo agora vou fazer por onde nunca mais perdê-la Agora, que faço eu da vida sem você?
Você não me ensinou a te esquecer
Você só me ensinou a te querer
E te querendo eu vou tentando te encontrar
Vou me perdendo
Buscando em outros braços seus abraços
Perdido no vazio de outros passos
Do abismo em que você se retirou
E me atirou e me deixou aqui sozinho

Agora, que faço eu da vida sem você?
Você não me ensinou a te esquecer
Você só me ensinou a te querer
e te querendo eu vou tentando te encontrar
Vou me perdendo
Buscando em outros braços seus abraços
Perdido no vazio de outros passos
Do abismo em que você se retirou
E me atirou e me deixou aqui sozinho

Agora, que faço eu da vida sem você?
Você não me ensinou a te esquecer
Você só me ensinou a te querer
e te querendo eu vou tentando me encontrar



Bye XoXo Bye

Um comentário:

  1. Esse filme deve ser legal!!!
    Pena q não deu pra mim assistir, vou ver se alugo kkkkkkkkk
    Amei a letra é simplismente linda, muito fofo *-*

    ResponderExcluir