segunda-feira, 21 de março de 2011

Os Lobos - Parte II

Gente,

Eu tinha prometido continuar a materia sobre os lobos. Eu demorei, mas vou fazer isso agora :D... Agora q eu nao to com sono, e me veio mais coisas na cabeça, pq tinham me dado um branco completo aquele dia kkkkkk.

Vou começar com uma outra cantiga que pode nao ser diretamente ligada a literatura, mas tem tudo a ver com a lenda e as crenças q o povo tinha nesse mito. E, como todos nos sabemos, a literatura nao vem apenas daquilo q foi escrito. A tradição oral pode ser sim, considerada literatura. Vejam:

"Mesmo aquele de coração puro 
Que reza de noite as suas preces 
Pode-se tornar um lobo 
Quando o acônito floresce 
À luz brilhante do luar."

Há  tantas historias sobre lobos q é meio dificil manter um foco rsrsrs. Algumas ate mesmo dizem q os lobos eram bruxas q tinham o dom de se transformar nesses animais.
Porém, uma coisa é certa: em todas as lendas, a transformação em lobo é vista como uma maldição.
Algumas das lendas vão beeem além. Chegam a dizer q a transformação viria para aquele q bebesse da mesma água q um lobo, ou como na cantiga acima, ingerisse acônito, uma erva venenosa.

Quanto aos meios de se livrar de um lobisomen, varios foram difundidos, como o mito de fazer tal pessoa-lobo sangrar, as vezes tirando grandes quantidades de sangue, e em outras, apenas algumas gotas. As vezes, chamar o lobo por seu nome de batismo por 3 vezes também era considerado um "meio de cura".
Mas a forma mais difundida sobre como matar/livrar um lobisomem, é o contato com objetos de prata. Feri-lo com um pode resultar na cura imediata. Essa maneira também, é o unico modo de matar o ser, se a ideia nao for a cura e sim, a eliminação. 
Vocês podem imaginar q a ultima opção pode ser cruel, mas era a mais difundida antigamente, pois como eu ja disse, era considerado uma maldição. E também, os lobisomens eram vistos como animais ferozes e sem coração, sedentos de sangue e sem racionio.

O filme "Amaldiçoados", estrelado por Christina Ricci (siiim, aquela do Gasper! E esse é um outro filme q já vi variaaaaaas vezes *-*) trata bem dessa condição. Quem se interessar, dá uma checada no filme, q é muito bom.



Porém, o fato de as pessoas da época considerarem a transformação em lobisomem como a transformação em um monstro, estava totalmente errada. Os lobos em si, tem se mostrado uma raça bem peculiar pelo estudo recentes dos cientistas.
Apesar de serem caçadores natos, eles caçam apenas para comer. Nao atacam os humanos, a menos q se sintam ameaçados. Eles procuram habitar em locais longe da civilização, e de preferencia, com baixa temperatura.
Os lobos costumam estar sempre unidos, e demonstram afeiçao pelos seus semelhantes, coisas q nao ocorre em outras especies. Outro fato bem peculiar, é o fato de que os lobos é uma das poucas raças monogamicas do mundo. Ainda nao foi descoberto pelos cientistas o porque disso, mas os lobos permanecem com a mesma parceira até o fim da vida. A criação dos filhotes tbm é mutua e bem dividida.



Outro ponto interresante sobre os lobos, é q eles possuem uma especie de comunicação bem complexa, e bem parecida com a dos seres humanos. Embora nao utilizem de palavras, eles se dispoem de sinais: movimentos e atitudes corporais, olhares, cheiros e sons tais como ladridos, rugidos e uivos.
E, evidentemente, os lobos uivam! Fazem-no para informar os companheiros sobre a sua posição, para reunir os membros da alcateia, para chamar os outros em ocasiões particulares como as que precedem uma caçada, ou simplesmente por prazer e para consolidarem os laços que os unem.


Com tudo isso dá pra imaginar como a Grace, e até mesmo a Bella, são sortudas não? dá até pra ficar com uma #invejinhabásica delas rsrsrsrsrs

Bye XoXo Bye

Nenhum comentário:

Postar um comentário