quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

A bela e a Fera

Oieee povinho meu,

Hoje, enquanto passava roupa, fiquei vendo o desenho da Bela e a Fera. Como vocês devem saber, essa historia anda em alta atualmente em varios cantos rsrrsrs acho q isso se deve principalmente ao lançamento do filme Beastly, q conta com Vanessa Hudgens, Alex Pettyfer e Mary-Kate Olsen.
---> Mais Informações: http://pt.wikipedia.org/wiki/Beastly e http://www.cinemaemcena.com.br/ficha_filme.aspx?id_filme=8755&aba=detalhe


Como eu ia falando, enquanto estava vendo o filme, e confesso q essa era uma duvida q estava comigo a um certo tempo já, fiquei pensando em qual era primeira versão da história, quando surgiu e quem escreveu. Pois bem, como vcs sabem q adoooro fazer, fui pesquisar. E como sempre ( não é querendo me gabar rsrsrsrs ) achei coisas bem interresantes sobre a história, coisas q nós nunca imaginávamos.

Vejam como era a historia original. Dá pra acreditar?

"Em francês La Belle et la Bête, a primeira versão do conto foi publicado por Gabrielle-Suzanne Barbot, Dama de Villeneuve, em La Jeune Ameriquaine et les Contes Marins, em 1740.
Segundo essa versão, a Fera foi um príncipe que ainda jovem perdeu o pai, e sua mãe partiu para uma guerra em defesa do reino. A rainha deixou-o aos cuidados de uma fada malvada, que tentou seduzi-lo enquanto ele crescia; quando ele recusou, ela o transformou em fera. A história revela também que Bela não é realmente uma filha do mercador, mas a descendente de um rei. A mesma fada que tentou seduzir o príncipe tentou matar Bela para casar com seu pai, e Bela tomou o lugar da filha morta do mercador para se proteger. Em 1756, Madame Jeanne-Marie LePrince de Beaumont diminuiu o número de personagens e simplificou o conto."


Difereente não?
A Disney faz mesmo milagres nas histórias... (pro bem e pro mau rsrsrs).
A versão deles foi a mais conhecida, e até mesmo virou musical na Broadway.

Vejam a Sinopse caso nao conheçam a história, e se choquem com a diferençaaa.

"Na França um príncipe belo porém arrogante morava em seu reluzente castelo cercado por seus fiéis criados. Em uma gélida noite de inverno, uma velha mendiga bateu na porta do príncipe, oferecendo uma singela rosa em troca de abrigo para se proteger da neve e do frio. O príncipe enojado pela aparência da velha recusa a oferta e a manda ir embora. Ela o aconselha a não deixar-se enganar pelas aparências externas, pois nem tudo é o que parece. Quando o príncipe voltou a expulsá-la, ela se transformou em uma bela feiticeira. O príncipe tentou pedir perdão, mais era tarde, ela já havia percebido que não havia amor no coração dele, e para castigá-lo transformou-o em uma fera horrenda. A feiticeira lançou uma maldição no castelo e em todos os que lá viviam. Horrorizado por sua monstruosa aparência a Fera se confinou no castelo com um espelho mágico, que era sua única janela para o mundo exterior. A rosa oferecida pela mendiga era encantada e iria florescer até o 21ª aniversário do príncipe. Até lá se ele amasse e fosse correspondido o feitiço se quebraria, senão ele estaria condenado a permanecer Fera para toda a eternidade. Com o passar do tempo ele perdeu as esperanças pois quem seria capaz de amar uma Fera? Dez anos mais tarde uma bondosa jovem chamada Bela mora com seu pai, Maurice, numa aldeia na província.
Bela é uma jovem amante dos livros que sonha com um príncipe disfarçado, duelos de espadas, muitas aventuras e etc... Ela é considerada excêntrica pelos demais moradores da aldeia que acham seu pai um cientista maluco. Gaston é um belo porém arrogante rapaz que deseja ardentemente casar-se com Bela. Mesmo que as Bimbettes e muitas outras jovens suspirarem por Gaston, Bela o acha arrogante, tolo. Uma invenção de Maurice é bem sucedida, e ele parte em viagem à uma feira. Maurice e Philipe, seu cavalo, por infortúnio perdem-se na floresta e são atacados por lobos ferozes e famintos. Philipe foge e Maurice entra no castelo da Fera. Os criados do príncipe foram transformados em objetos encantados como Lumiére, o festivo e extrovertido maître do castelo da Fera, apaixonado por Babette, uma camareira transformada em um espanador, Horloge, o severo e pomposo mordomo transformado em relógio de pêndulo, a maternal governanta Madame Samovar e seu Zip, respectivamente um bule e uma xícara de chá.
Quando os objetos (exceto Horloge) tratam Maurice como um convidado, a Fera o torna seu prisioneiro. Philipe corre até Bela, e a leva para o castelo. Lá ela fica no lugar de seu pai como prisioneira da Fera, e os objetos tem esperança que ela aprenda a amar a Fera e que eles voltem a ser humanos outra vez. Mas Gaston fará de tudo para impedir isto.
No final, a Fera aprende a amar, e é correspondida por Bela. Quando isso finalmente acontece, o feitiço é quebrado, revelando belo príncipe e todos os criados, antes objetos."



A história é muuuito linda... e a Bela se encaixa na maioria de nós, Divinas Leitoras ( quem lê nao é considerado em momento algum reles mortal rsrsrs nao concordam?). Sério, todos sabem q minha princesa preferida sempre foi e ainda é a Branca De Neve, até pq sempre me julguei parecida com ela kkkkkkk mas, hj em dia, quando se trata de personalidade, eu me indentifico mais com a Bela ( kkkkkkk vou confessar q outro dia eu tava lendo aquela revista "princesas" de criança -- releva gente, qndo vc fica numa biblioteca q nao entra ninguem boa parte do seu dia, qualquer coisa pra ler é lucro kkkk -- e fiz o teste: q princesa vc é? e ai empatou, a Branca De Neve com a Bela kkkkkkk )

Quando era pequena era super fã da Branca De Neve, tanto q passei um ano e meio alugando a fita dela toda semana ( juro por tudo q vc quiser q nao faço idéia de qntas vezes vi esse filme... alugava todaaa a vez q ia na locadora... aceitar outro era impossivel kkkkkkkk). A gente tinha acabado de comprar um video cassete, e alugar filme era uma novidade (olha q coisa antiga kkkkkkkk), entao fizemos isso sem parar, toda a minha familia ( vejam bem, eu nao aproveitei rsrsrs foi um filme só kkkkkk). Só fui parar de alugar esse filme qndo aluguei Aladin, q por sinal é o principe dos principes.... meu favoritooo entre todos rsrsrs ....

Mas quando vi a Bela, me identifiquei com suas idéias... ela busca o além sabem? ela quer mais, como acredito q todas nós queremos, e isso a torna uma especie de representação da nossa alma...



Fico imaginando a gente, vivendo naquela época, quando as mulheres deviam ser seres irracionais e a leitura era inaprópriada. Como a Bela ( e todas as mocinhas dos romances de banca historicos q leio ) a gente seria considerada estranha, uma aberração pra sociedade. Será q a gente ia conseguir viver assim? Eu sei q eu nao conseguiria... essa coisa de ser presa nao me atrai nem um poquinho, seja fisicamente ou racionalmente....

Voltando, a historia passa uma moral bonita, valores bonitos. E é tão importante historias do genêro, q fazem criticas sociais, abrindo os olhos das pessoas, q tem tendencia a pior cegueira q pode existir: a cegueira da alma

Vejam, uma das cenas mais bonitas do filme:




Você vai percebendo no decorrer do enredo, as mudanças de comportamento dos personagens, a mudança de visão tanto de um lado, quanto do outro. A união, a boa vontade... Você vê tanto a Fera se esforçando para mostrar a Bela q era alguém melhor ( dêm uma olhada na foto a Biblioteca maravilhosa q ele deu a ela ) quanto a Bela se esforçando para demonstrar q era capaz de ver além do monstro... É encantador...



E para fechar com chave de ouro, nada melhor q uma das musicas mais lindas da Disney: Sentimentos

(quem nunca chorou com essa música hein? Impossiveeel não ter feito kkkkkkkk se não, não viveu ...*-*)





Sentimentos

A Bela E a Fera

Composição: Howard Ashman e Alan Menken
Sentimentos são fáceis de mudar
Mesmo entre quem não vê que alguém pode ser seu par
Basta um olhar que o outro não espera
Para assustar e até perturbar, mesmo a Bela e a Fera
Sentimento assim, sempre é uma surpresa
Quando ele vem nada o detém
É uma chama acesa
Sentimentos vem para nos trazer
Novas sensações, doces emoções
E um novo prazer
Numa estação como a primavera
Sentimentos são como uma canção para a Bela e a Fera
Sentimentos são como uma canção para a Bela e a Fera
Sentimento assim, sempre é uma surpresa
Quando ele vem nada o detém
É uma chama acesa
Numa estação como a primavera
Sentimentos são como uma canção para a Bela e a Fera



3 comentários:

  1. Ahh q fofo a historia da bela e a fera!!
    Confesso q nunca fui fã de contos de fadas(Não sei nada sobre contos de fadas, nenhuma historia), mas achei interresante a historia da bela.

    ResponderExcluir
  2. Ahhhhhhhhhhhhhh Pam, você não tem ideia do quanto amei seu post, fiquei tão feliiz ao ver o título: A Bela e a Fera *-*
    Você, sabe... é minha história favorita!!
    Quando assisti, aquele DVD duplo feito pela Disney, fiquei tão chocada quanto você ao ver as outras versões que existiam Oo
    Não se esqueça heein, temos que ir ver Beastly!
    Aii , essa música (que graças á você, tenho aqui no pc, rs, é tão fofs!)
    Mas aquela da Bela é a melhor, rs:
    "Temos aqui uma garota estranha .. Tão distraída lá vai ela...não se dá com o pessoal, pensa que é especial... [...] Esta garota é muito esquisita , o que será que há com ela?
    Sonhadora criatura tem mania de leitura..."
    kkkkkkkkk, não sei porque mas me identifico taanto com ela! Rs. Parabéns pelo post , Pam *-* perfect!

    ResponderExcluir
  3. Você tem de dar uma lida Camila, na história, ou até mesmo ver o desenho. É realmente linda e, como todos os contos de fadas, passam, mesmo q camuflados, valores que a gente leva para o resto da vida *-* por isso sempre amei esse tipo de históriaa

    Brigada Thay, sabia q vc ia amar o post *-*

    ResponderExcluir