quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Brincando com Fogo

Pessoinhas minhas,

Finalmente voltei a dar meu ar da graça por aqui. Sei q faz um tempinho q nao aparecia, mas nao estava com muita imaginação....
Mas voltei com tudo. E indo direto ao ponto da postagem, Brincando com Fogo apareceu pra dar seus primeiros sinais de vida.
Numa resenha rápida (até porque só tenho os dois primeiros capitulos e as coisas me surpreendem muito conforme eu vou escrevendo, vcs sabem kkkkkkkkkkk) eu posso dizer q esse livro caminha na mesma base do outro, porém, muita coisa muda no estilo das personagens.
Dessa vez, eu vou contar a história pelo lado do elemento fogo. Se vcs leram o primeiro, sabem oq á espera não é?
E se vcs gostaram do Dorick, vão achar o Eron extremamente insuportavel, mas garanto q só no começo kkkkkkk e se nao gostaram, vão amar o Eron de cara kkkkkkkk.
A Isabel é um pouco diferente da Elisa, mas nao muito. Oq as diferencia, é o modo de ver e agir diante da vida....
Mas já falei demais, apenas pra começo de conversa. hahahahaha


E adicionando a trilha, What The Hell - Avril Lavigne é com certeza, a musica mais perfeita por enquanto :D

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Resenha - O Elemento Essencial, por Thay Yamasaki (:

Hiii readers do blog da Pam!
Hoje invadi este blog, para resenhar acerca do livro escrito pela Pam : O Elemento Essencial!
Terminei de lê-lo ontem, mal podia esperar para descobrir o final *-*
Mas vamos ao que interessa, a resenha (HAHAA).
O Elemento Essencial, é o livro 1 da Saga "A Alquimia do amor" que irá conter livros abordando os elementos que compõe a natureza: Água, Terra, Fogo e Ar.
No caso, a história do livro em questão, é sobre o elemento Água.
Amei o livro do início ao fim, li desesperadamente cada página, tanto enredo como estilo de linguagem deste, são excelentes e estimulantes.
A trama se baseia na história de Elisa, que tem uma vida comum, como a de qualquer outra adolescente, até conhecer o misterioso Dorick (não, ele não é vampiro, nem anjo, ok? kkkk a Pam supera as modinhas literárias).
A vida de Elisa começa a ser invadida por acontecimentos estranhos que a aproximam cada vez mais deste enigmático garoto.
A até então, "normal" Elisa, tem uma reviravolta no destino. Ela descobre que não é nada mais, nada menos do que descendente do elemento Água e que Dorick, faz parte de sua história, até mais do que ela imagina.
O enredo se segue, cheio de suspense e acontecimentos interessantes, que aguçam nosso anseio em saber o que
irá acontecer no final.
Posso dizer, que me surpreendi MUUITO nos capítulos finais *O*
Dorick é um sonho,mas no entanto é rodeado por mistério e Elisa não é aquela mocinha ingênua, ela tem atitude
agua2
e uma coragem impressionante. Fiquem de olho nos detalhes do enredo, o que é, parece que não é (Oo) (Aham, entenditudo#) Rs!
O que acontece com o elemento Água? Quem realmente Dorick é? Eu não vou contaar (lálálá#) , vocês terão que descobrir!
Posso garantir que este livro é MA-RA-VI-LHO-SO, leiam que realmente vale á pena!

P.S: Pam, sua criatura do mal, trate de escrever os demais livros da Saga logo, estou ansiosa para lê-los!

XoXo, Thay ;*

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

A mediadora

Hey Pessoal,
Eu tinha prometido postar algo sobre a mediadora no post anterior, pq eu geralmente comento por aqui e algumas pessoas podem ficar perdidas rrsrsr. E também, desde que começei o blog, venho pensando em falar da minha série preferida de livros :D.
Entao, ai vai, um resuminho basico da historia.

"Conta a história de Suzannah Simon, uma garota de aproximadamente 16 anos. Suze é uma mediadora, cujo papel é ajudar os fantasmas a atingirem seus objetivos, e assim poderem passar para a pós-vida. A série começa depois que a mãe de Suze se casa com um homem chamado Andy Ackerman, e eles se mudam para Carmel, na Califórnia, para viver em uma casa antiga e com muita história para contar com os três meio irmãos: Jake, Brad e David ou, como ela gosta de chamá-los, Soneca, Dunga e Mestre. Para piorar (ou melhorar), seu quarto é "assombrado" por um fantasma bonitão latino chamado Jesse, que morreu há 150 anos atrás, e por quem Suze se apaixona."


Eu sou completamente e assumidamente apaixonada por essa historia kkkkkkkkk. Garanto q quem ler vai acabar assim tbm ( a não ser claro, Thaís, q insiste em nao sair do primeiro né? rsrsrsrs ).

A historia é contada em seis livros ( Tia Meg deixou claro q nao vai fazer um sétimo de jeito maneira rsrsrsrss) e sua historia tem 2 fases. Os três primeiros focam sua atenção na vida de mediadora da Suzannah, e sua resolução de nao se apaixonar pelo Jesse rsrsrs. A partir do quarto, a coisa muda um pouco de figura, e as coisas se baseiam mais na vida pessoal da Suze. Ela conhece o Paul, q atormenta completamente a vida dela. Apesar de q admito, sua fixação por ela fez com q ele a ajudasse em varios sentidos. ( Em outros entretanto ¬¬' ... Ele sabe ser mau qndo quer kkkkkkkk mas, ainda assim, é o vilão mais encantador da historia dos livros na minha opinião ). Ela passa tbm a se preocupar com o fato do Jesse ser um fantasma, e a uniao dos dois nunca ser possivel.
É mesmo uma historia maravilhosa. Acreditem se quiser, li a serie inteira em 6 dias. Ou seja, era um por dia kkkkkkkkkkk peguei pra ler o primeiro e me apaixonei. Resultado: do dia 15 de fevereiro pela manhã, a tarde do dia 20 do mesmo mês eu simplesmente nao fiz outra coisa a nao ser viver a vida da Suze kkkkkkk passava, literalmente, o dia todo lendo. Um atras do outro. 
Pensando bem, acho q esse é meu recorde de leitura de uma série. Nao tinha parado pra pensar ainda.

Essas capas brasileiras são, na minha opinião, as mais bonitas de todas as edições q correm pelo mundo.

Bem, ja falei demais kkkkkkk se eu ficar aqui, passo horas bajulando a historia, a Suze , o JESSE *-* ... até mesmo o Paul kkkkkkkkkkkkkk

Bye Bye

Filmes q vi

People of my heart,
Vim aqui hj só pra falar do filme q vi rsrsrssrs.
Como vcs todos sabem (ou nao rsrsrs ) eu sempre fui completamente fascinada por historias de fantasmas ( vejam bem, atualmente minha maior paixão é "a mediadora" da tia Meg *-*. Ainda farei um post sobre a série, prometo ). Entao, quando ouvi falar de um filme q basicamente falava sobre fantasmas, e ainda por cima com Zac Efron, eu meio q surtei rsrsrsr. E desde de entao estava querendo ver.
Finalmente, realizei meu intento hj, e garanto, nao me arrenpendi nem um pouquinho *-*. O filme é muuito bom em todos os pontos. Faz vc rir, chorar .... apesar de ter um enredo q muitos podem considerar "parado",  o final é realmente muito surpreendente e eletrizante. até pq, devido ao decorrer do filme, vc nao esperava por algo tao emocionante.
Eu fiquei mesmo apaixonada pela história. Estou super curiosa para ler o livro, que com certeza, como sempre acontecem com adaptações de livros para filmes, é beem melhor. E, se pensar q o filme já é mara, nao é a toa q estou louca para ler.


Pouco depois, surpreendentemente, assisti a Noiva Cadáver na Tv. Outro filme q eu considero lindooo. A história da Emily é... nao sei explicar... é tao trágica, mas tem um fim tão bonito. Apesar q eu ainda nao me decidi se o fim é realmente o certo ou nao. Mas independentemente disso, nao consigo me conter e sempre choro no final. ( quem ja assistiu sabe exatamente o porque).
E além do mais, é um filme onde tem a dublagem de ninguem mais ninguem menos do q Johnny Deep *-* e é produzido por Tim Burton ( Beetlejuice foi um filme que marcou minha infância e acho q a de muita gente também :D Acreditem se quiserem, mas ainda nao consigo falar esse nome três vezes rsrsrsrsrs trauma de infância kkkkkkk mas nao perdia nenhuma vez q anunciavam na tv. Pensando bem, acho ate q este foi o primeiro filme de fantasma q me apaixonei rsrsrs). Entao, nao se podia esperar menos do q uma montagem simplesmente magnifica nesse filme.




XOXO pessoal

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Frases

Hey gente,
Vou fazer mais um post sobre frases, mas dessa vez menos extenso kkkkkk nao vou comentar, pois o tema das frases nao precisa de comentários. fala por si só .... *=*



"A leitura é uma conversação com os homens mais ilustres dos séculos passados." (René Descartes)
"A leitura é a viagem de quem não pode pegar um trem." (Francis de Croisset)
"A leitura, após certa idade, distrai excessivamente o espírito humano de suas reflexões criadoras. Todo o homem que lê demais e usa o cérebro de menos, adquire a preguiça de pensar." (Albert Einstein)
"Amar a leitura é trocar horas de fastio por horas de inefável e deliciosa companhia." (John F. Kennedy)
"Muitos homens iniciaram uma nova era na sua vida a partir da leitura de um livro." (Henry David Thoreau)
"Às vezes a leitura é um modo engenhoso de evitar o pensamento."
(Arthur Helps)

"A leitura é muito mais do que uma simples relação dos olhos com os livros... A leitura é um espaço, um lugar predileto, uma luz excolhida, um ritual em que importa até a época do ano." (Luis Garcia Montero)


XOXO

Coluna: Os Leitores do Brasil

Pessoinhas,
Estou aqui pra avisar q temos uma nova colunista... ela vai mandar coisas interresantes para mim postar aqui e vai atender pelo pseudonimo de Evelyn Ute Emeritch...
Comentem.

Aqui vai a primeira postagem, q fala sobre os leitores no Brasil. Achei bem interresante, e coloca em dados a opiniao q dei na postagem do Drummond, eu uma das frases. Aproveitem...

OS LEITORES DO BRASIL

Em uma pesquisa feita em 2001 e na qual foram ouvidas 86 milhões de pessoas, em 44 municípios de 19 estados, cerca de 49% da população brasileira, mostrou que o índice médio de leitura de pessoas com mais de 15 anos e pelo menos 3 anos de escolaridade era de 1,8 livros por ano.
Uma pesquisa mais recente e ampla, de 2008, mostra novos e melhores dados. Dessa vez foram ouvidos 5.012 brasileiros, de 311 municípios em 27 Estados, ou seja, 92,3% da população nacional. Essa nova pesquisa mostra que a média anual de leitores com mais de 15 anos e com ao menos 3 anos de escolaridade passou para 3,7 livros.
A nova pesquisa mostra que 55% das pessoas entrevistadas se dizem leitoras e que o brasileiro lê 4,7 livros por ano, sendo que foram contados como leitores aqueles que leram ao menos 1 livro nos últimos 3 meses antecedentes à pesquisa. Os maiores leitores são os estudantes, já que os que estão fora da escola leem cerca de 1,3 livros ao ano.


Formação: Livros por ano: Horas Semanais de Leitura:Horas Semanais de Leitura Didática:Leitores Espontâneos
Ensino Superior8,32,53,4 34%
Ensino Médio 4,5 2,22,239%
Entre 5ª e 8ª série do E. Fundamental5 1,42,333%
Até 4ª série do E. Fundamental3,7 1,5 1,938%


Idade:
% de Leitores da Pesquisa:
Entre 5 e 17 anos39%
Entre 18 e 24 anos 14%

Idade:Livros por ano:
Entre 5 e 10 anos6,9
Entre 11 e 13 anos8,6
Entre 14 e 17 anos 6,6

Esses índices mostram que a leitura é fortemente incentivada na educação e que sua importância aumenta junto com o grau de escolaridade. Porém, dos 7,2 livros que os estudantes leem anualmente, 5,5 deles são indicados pela escola e apenas 1,7 são lidos espontaneamente. Além disso, a pesquisa também mostra que enquanto 90% dos adultos com mais de 40 anos preferem ler em lugares silenciosos, crianças entre 5 e 13 preferem ler com a TV ligada e os jovens, principalmente até a faixa de 17 anos, gostam de ouvir música enquanto leem.
Outro ponto de destaque da pesquisa é a importância do incentivo familiar para a leitura, pois 49% dos entrevistados indicam a mãe como principal incentivadora, enquanto o incentivo do professor foi de fundamental importância para 33% das pessoas ouvidas. O índice do incentivo materno aumenta para 73% entre crianças de 5 a 10 anos. Além disso, o estudo também mostra que a escola falha no incentivo à leitura, pois, ao sair da escola, muitos deixam a leitura de lado.
Já os não-leitores representam 45% dos entrevistados, sendo que 29% deles declararam ter se dedicado mais à leitura durante a infância, especialmente até os 10 anos. Além disso, apesar de 67% das pessoas pesquisadas afirmarem conhecer uma biblioteca, apenas 1 entre 4 pessoas frequenta uma.


Idade:% de Não-Leitores:
Entre 30 e 39 anos15%
Entre 40 e 49 anos15%
Entre 50 e 59 anos13%
Entre 60 e 69 anos11%


Portanto, com essa nova pesquisa, podemos concluir que o incentivo é essencial para a formação de novos leitores, porém é necessário que a escola procure conscientizar seus alunos do valor da leitura e não obrigá-los a ler, caso contrário, em vez de incentivar a escola estará desestimulando, além de que, após sairem da escola, os alunos não lerão mais. Mas, como a pesquisa também mostra, o incentivo à leitura não deve caber apenas à escola, mas também à família, que tem um papel fundamental em toda a educação da criança.


Viram? é bem interresante ver os dados, assim posso saber qual minha média de ganho anual kkkkkkkk
Brincadeira, eu quero q o povo leia. O resto é "lucro"... se me entendem kkkkkkkkkkkkk

domingo, 9 de janeiro de 2011

Origens

Vou continuar falando dos personagens de mundos paralelos :D


Arthur Belacqua

Nome: O nome do Arthur veio do Rei Artur, figura lendária britanica, que tenho certeza q todos conhecem. Por algum motivo, essa história sempre me fascinou e eu sempre tive uma grande admiração por esse nome. Assim, resolvi usá-lo no meu personagem favorito da história.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Rei_Artur ( informações rei Artur )

Personalidade: Ele está sempre vendo a razão lógica das coisas. Isso se deve ao fato de ser considerado uma das pessoas mais inteligentes do reino, criando diversas invenções que ajudam na vida de todos.
Por conhecer Sofia desde a infância, sente-se na obrigação de cuidar dela. Isso o torna um pouco chato no decorrer da história, porque ele esta sempre visando o bem estar dela, muitas vezes, atrapalhando em planos necessarios para a chegada ao objetivo. Mas é devido a sua ajuda também, que muitas coisas deram certo durante a jornada deles.
O Arthur tbm pode ser considerado "o engraçadinho" da história. Seu modo de agir e pensar revela um humor existente dentro dele, q pode nao ser apreciado pelos seus amigos, mas nos faz dar boas risadas.

Origem: Quando criei o Arthur, estava pensando num antagonista para o Edgar. Queria alguem que complicasse a vida dele, mas nao de maneira ruim. Queria alguem que mostrasse ao Edgar como as coisas realmente eram, que o situasse numa realidade onde existem os problemas e ele tem de enfrentar. E confesso que ele desempenhou seu papel muito bem. A determinação do Arthur em certos momentos, sua mania autoritaria de se prostar na frente do Edgar, fez com q este crescesse mentalmente, para poder assumir seu lugar no comando. Ele teria de superar o Arthur, se quisesse cumprir seu destino.

Xoxo

sábado, 8 de janeiro de 2011

The End

Pessoinhas,
Como prometido eu terminei o Elemento Essencial.
Ficou muuito bom, na minha opinião, e melhor ainda que o primeiro rascunho que fiz dessa história.
Também diminui bastante o tamanho kkkkkkkk pra nao haver mais ninguem reclamando das 600 páginas q foram Mundos Paralelos.
Espero sinceramente que vocês gostem.
Pelas criticas que recebi até agora, parece que acertei kkkkkk

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Drummond

Povinho meu,
Estava aqui me lembrando de umas frases beem legais de Drummond, q achei há muuito tempo atrás.... São frases beeem legais e verdadeiras...
Mas é aquela coisa, a gente pode pensar, as vezes: as pessoas escrevem coisas e a a gente fica admirando e tudo o mais... mas é certo viver da criatividade dos outros? Nao sei se vcs pensam assim, mas de vez em quando me dá crises do genero, principalmente quando me aproximo muito de um escritor (a). Sei lá, me dá um sentimento de parasitismo e falta de criatividade.... Mas logo me vem na mente, que a divisão de conhecimento é oq temos de mais valioso na vida. E algumas coisas, que as pessoas dizem e se enquadram para nós, nao quer dizer q estamos vivendo do conhecimento deles e siim, que estamos aprendendo com eles. A pessoa nao escreveu/falou sobre sua vida, ou sua vida nao se encaixou nessa frase.... simplesmente aquela pessoa foi alguém q viu aquilo q estava diante de seus olhos, mas  tao fixo em sua vida,  tao comum, q vc, mesmo sabendo q existia, nao sabia.
Eu sei, tudo oq eu disse está parecendo meio confuso pra vc agora, nesse momento (Olha eu ai, dando uma de vidente kkkkkkk ) e peço desculpas.... mas, infelismente, como vcs vao notar a cada dia desse ano enquanto escrevo nesse blog, meus pensamentos sao coisas bem confusas de se entender kkkkkkk Confesso q eu mesmo me perco neles na maior parte do tempo kkkkkkk
Vou entao á ideia inicial do Post. Todas as frases q vou colocar aqui sao de Carlos Drummond de Andrade, e tiradas do site "O Pensador". Farei comentários nelas ;D

"Escritor: não somente uma certa maneira especial de ver as coisas, senão também uma impossibilidade de as ver de qualquer outra maneira."

>>>>> Isso aí é verdade. Nao q seja uma coisa especialmente boa, admito. As vezes o fato de nao se conseguir ver o mundo de maneira normal traz grandes complicações para nós mesmos. Mas, uma coisa eu digo, nao são só os escritores q tem uma maneira especial de ver o mundo. Estes apenas conseguem colocá-las habilmente no papel. Mas TODOS vê o mundo a sua maneira. A maioria da população esconde claro, suas verdadeiras opiniões, seguindo o caminho q todos os outros escolheram, mas no fundo elas possuem uma maneira especial de ver. Se você acha q nao, olhe pra dentro de si mesmo (a). Verá que é verdade.

"As obras-primas devem ter sido geradas por acaso; a produção voluntária não vai além da mediocridade."

>>>>> Essa é uma frase q eu gosto de citar com frequencia. Vocês que me conhecem, certamente ja á ouviu uma ou duas vezes, no minimo. Eu gosto de me lembrar dela, quanto começo a me forçar a escrever algo. Pq serio gente, nao adianta. Se a coisa nao vem de dentro, ela acaba nao prestando no final. Pode ficar bonitinha, com uma "silhueta boa". Mas, NA REAL, nao tem sentimento, nao passa calor... ! Na verdade, nao passa nada. Pq vc nao tava sentindo nada....! Por isso q essa é uma das minhas frases lema.

"Não é fácil ter paciência diante dos que têm excesso de paciência."

>>>>> Essa frase kkkkkkkkkkkkk sério, é minha sinaaa.... toda vez q eu a vejo, eu me lembro daquele tipo de pessoa, q vc tá loucaaaa pra xingar, mas a pessoa tá lá, na boa.... (lembram do Rony no cálice de fogo, quando o Harry xinga ele? entao, é exatamente isso kkkkkkkkkkkk). Claro, fazendo isso, a pessoa só te deixa ainda mais nervosa kkkkkk a vontade que dá é pegar pelo pescocinho e.... kkkkkkkkkkkk. Ainda mais se vc é nervosa q nem eu kkkkkk discutir com alguem q nao discute é o FIM kkkkk....

"A leitura é uma fonte inesgotável de prazer mas por incrível que pareça, a quase totalidade, não sente esta sede."

>>>>> Sério, isso ai é uma das verdades universais.... eu nao entendo como pode ter gente q nao gosta de ler.... sinceramente, eu queria fazer um estudo psicologico dessas pessoas (q, como o próprio Drummond diz, é a totalidade). Pq nao gostar de ler é quase o mesmo q nao gostar de chocolate: Impossivel! a unica diferença é nao é QUASE impossivel, mas sim, COMPLETAMENTE impossivel. Vai entender ....

"Há vários motivos para não se amar uma pessoa e um só para amá-la."
"Se você sabe explicar o que sente, não ama, pois o amor foge de todas as explicações possíveis"
>>>>> O amor é mesmo uma coisa complicada... as vezes uma pessoa pode ter milhares de defeitos, e estarem bem diante dos seus olhos, mas uma pequena coisa, uma coisa minuscula, como um simples olhar, faz todo o resto se quebrar. Milhares de pessoas podem te apontar milhares de fatores para nao amar, mas nenhum deles parece tão importante como o unico fator que te leva a amar: o próprio amor....
E é racionalmente possivel explicar isso? até onde sei, nao... se você sabe, por favor me ensina kkkkk vc pode até ganhar um Nobel kkkkkkkkkkkkk

"Nossa dor não advém das coisas vividas, mas das coisas que foram sonhadas e não se cumpriram."

>>>>> Isso chega a ser filósofico, de tao verdadeiro q é.... Os sonhos, são tao inocentes e cheios de esperança, como as crianças..... mas a dor q se sente qndo um deles nao é realizado, quando é necessário destrui-los... Parece q nao se perde a esperança no sonho, mas sim em toda a vida...! Mas, felismente, somos abençoados com a capacidade de criar novos sonhos. A cada sonho destruido, devemos dar inicio a dois novos sonhos... pq sao coisas tao maravilhosas, que merecem crescer em progressao geométrica... multiplicando... somar os sonhos, é pouco....

e pra acabar, essa frase q resume TUDO q foi dito acima, e q é a minha preferida.

"Também temos saudade do que não existiu, e dói bastante."

>>>>> Aqui ele fala de td.... dos nossos sonhos, do amor, da busca da felicidade... qntas vezes nao vivemos num mundo de ilusao tao forte e permanente, q qndo voltamos pra realidade, parece q estamos caindo num poço de água fria. É um choque tao forte... Chega a ser meio triste isso, sentir saudades do q nao passava de uma ilusao.... mas infelismente, a gente sente... e nao há como negar isso.

Vou parando por aqui.... qualquer dia continuo.... tava pensando em fazer o mesmo com meu querido e amado Fernando Pessoa....
Veremo-nos em Breve....

XoXo....

Sonho

Povinho amado,
eu vim aqui pra desabafar kkkkkkkkkk
Sério gente, eu tava refletindo hoje! Com o fim do Elemento, revendo os personagens de Mundos Paralelos aqui no blog, tudo junto me deu uma nostalgia, de repente. Eu fiquei pensando no quanto queria que essas histórias fizessem sucesso. Acho q pra mim o sonho de se tornar escritora vai muito mais além da minha carreira em jornalismo, ou querer viajar o mundo e tal....
Acho q porque é uma coisa q venho correndo atrás a tantoo tempo! Depois q abandonei por uns tempos minha carreira precoce de poetisa, aos 10 anos, eu passei a me dedicar totalmente a prosa. E fiquei nessa luta durante 5 anos até q finalmente escrevi Mundos Paralelos, aos 15. Quantos começos de histórias nao tive.... milhares de rascunhos jogados fora... milhares de idéias que de inicio pareciam brilhantes e no fim nao deram em nada.... livros estacados para sempre no 4º ou 5º capitulo...
Mas finalmente 2008 me abriu portas para que minha vida fosse para frente. Principalmente na carreira literaria, mas não só nela, na própria vida real mesmo. E, por experiencia própria eu digo: nossa vida externa influencia muuito em nossa vida interna (nossas histórias). Depois de Mundos Paralelos, tive corajem de retornar a poesia, e de seguir em frente com a prosa. hoje, aos 17, tenho praticamente 4 livros prontos. 3 estão completamente prontos, e 1 ainda está em andamento. Mas tenho certeza q em breve estará terminado tbm. Não q eu pense em por minhas poesias em livro kkkkkkk, apesar de ser imensamente incentivada a isso. Mas que sao tantas, que como pude perceber outro dia, elas caberiam perfeitamente em um livro, somando mais um a minha lista :D

Enfim, acho q já falei demais.... é q fuçando na net, achei uma entrevista da Becca Fitzpatrick e achei ela super fofa. Me lembrei muito da Tia Meg lendo ela e pensei: Eu quero ser como elas qndo crescer ( nao q isso seja biologicamente possivel rsrsrs estou fadada a viver com minha baixa estatura kkkkkkk mas vcs entenderam...) Entao resolvi postar aqui meus pensamentos da tarde e da noite, ja q por uma coincidencia incrivel esses dois fatores se encontraram no mesmo dia.
Para caso vcs queiram ver tbm, aqui está o link da entrevista: http://www.fracky.com.br/2010/04/06/entrevista-becca-fitzpatrick/

E de bônus, deixo um poeminha meu, só pra vcs verem como manter a carreira poetica escondida é um bem pra humanidade (a coisa é tensaa rsrsrsrs).

Amor de Verão

Lembro-me de nossos passeios nas tardes de verão!
Como costumavámos andar por entre as flores,
Ouvindo os passáros cantando amores,
E eu vendo o Sol ir lhe beijar a face.

As coisas simples me encantando.
E assim como borboletas voando no vento,
Cada palavra, cada sentimento,
Fazia meu coração saltar pelo ar.


No fim daquela tarde, a chuva de verão.
Que chegou pra molhar o nosso desejo.
Fugimos da chuva, cedemos ao encejo,
E aquela foi a noite em que você me amou.

E agora é inverno, o Sol ja se pôs.
Mas a garoa fina insiste em continuar.
Ela cai lá fora, para me lembrar,
De que você foi embora e nao vai mais voltar.



( sem comentários desse poema -_- kkkkkkkkkkkk melhor eu nem falar oq penso kkkkk) 


XoXo, amores *-*

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Sequência...

People,
Dois recadinhos animadorees :D

Assim q acabar O Elemento Essencial, eu vou dar continuidade na sequencia de Mundos Paralelos.... A história já está formada aqui na minha cabeça e só falta ir ao papel.... o nome proviório é "A morte tem dentes caninos". Sei q parece meio aterrorizante, mas logo que lerem entenderão o motivo do nome. Talvez aja alguma modificação no titulo, mas nada para muito diferente :). A coisa boa dessa história, é q Mundos Paralelos eu escrevo consideravelmente rápido... escrevi toda a história em 2 meses, como sabem. Possivelmente com esse nao será diferente....
Mundos Paralelos vai pertencer a uma sequencia de 4 livros de uma série de mesmo nome :)

O segundo recado é: O Elemento também terá continuação. O nome ja está preparado na mente: "Brincando com Fogo". Entretanto, de sua história so tenho um mero rascunho mental, como o nome da protagonista e o primeiro capitulo. Todo o enredo ainda precisa ser definido. Mas é certo q O Elemento fará parte de uma sequencia de 5 livros, da série: "A alquimia do amor".

Beeem, ja cometi Spoilers demais por hoje kkkkkk mas relevem, é começo de ano ... considerem essas como minhas promessas do inicio de 2011.

Trilha Sonora 2

Hey gente,
Acabei a trilha sonora de O Elemento Essencial. Em sua base, são musicas q eu ficava ouvindo enquanto escrevia e q de certa forma influenciaram muito na história rsrsrsrrs Ou seja, as musicas nao batem com a história, a história q batem com as musicas.
Apesar q admito, algumas me surpreenderam ao ver a tradução depois. Eu nem sabia q se encaixava tao perfeitamente....

Essa é tema do livro, com certezaaa
1 - Desperately - Michelle Branch (será q só eu imagino essa musica tocando na cena q eu postei aqui, hein?)

Trilha
2 - A melhor parte de mim - Nx Zero
3 - A Year without rain - Selena Gomes
4 - Manu Gavassi - Garoto Errado
5 - Kissin'U - Miranda Cosgrove

Como na outra, aceito sugestões ( RUMO ás 14 \o/ )

Origens

Povinhooo,
Eu estava aqui pensando no q postar enquanto o novo livro nao sai e tive a idéia de por curiosidades sobre os meus personagens :D Coisas como: de onde vem o nome, a personalidade... Enfim, coisas de como eles surgiram.
Vou começar por Mundos Paralelos. Escreverei sobre todos os personagens mais relevantes da história.

Pra dar inicio, vou falar da Rosana, a personagem mais marcante de Mundos Paralelos acho, devido a toda sua história e trágetoria no decorrer do livro.

Rosana ( Tersariol ) Cotrim

Nome: O nome Rosana foi dado em homenagem á personagem de mesmo nome, do livro: "A marca de uma lágrima" de Pedro Bandeira.
http://pt.wikipedia.org/wiki/A_Marca_de_uma_L%C3%A1grima ( Sinopse)

Personalidade: Básicamente, eu mantive a idéia da Rosana do livro... Invejada pela melhor amiga, sendo q esta á considera melhor em tudo. Porém, fui além ao dar a personagem um ar de indepencia e força. Ela é a menina orfã, q tenta a todo custo mostrar aos outros q pode se manter sozinha, devido ao fato, claro, de nao ser tão independente assim, e de nao querer compaixão.
A Rosana é a personagem mais marcante do livro, na minha opiniao, pois ela se matêm firme em suas decisões. Vai atrás do q quer, nao importa o quanto lhe custe isso.
Sua participação na história é crucial e surpreendente. Conforme vamos a conhecendo melhor, vemos q a imagem que ela passa por fora, diferencia-se muito de como ela é por dentro.

Origem: Quando fui criar a Rosana, nao tinha básicamente nada em mente. Eu precisava de alguem pra equilibrar e acentuar os sentimentos de Sofia e por isso, usei a personagem citada acima como base, que me garantiria q a negação de si própria de Sofia estaria bem visivel. Entretanto, durante a história, percebi que ela tinha muito mais potencial do que seu objetivo inicial... e que as pessoas gostaram dela e queriam vê-la como algo mais do q um personagem de equilibrio. Assim, aumentei sua participação, criando todo um mistério ao redor da vida dela, e por fim, deixando este como o fecho final da história.

Psicologico: A Rosana representa a força interior q tanto desejamos alcançar. Determinada, ela demonstra o receio de fraquejar em nossos atos e na vida. Ela tbm é a figura do medo do ser humano de mostrar seus sentimentos, com receio da reação das outras pessoas, e da forma como vão nos definir. Basicamente, ela é o lado de nós mesmo que tenta agir de forma a fazer as pessoas nos verem como queremos, e evitar ao máximo saberem quem realmente somos, por pura prevenção.

E ai, oq vcs acham da Rosana? vcs perceberam tudo isso enquanto liam? comentem :D

XoXo ( agora q aprendi , vai virar hábito escrever isso \o/ )